COMO ESCOLHER SUA PRÓTESE DE MAMA

Hoje em dia calculamos o volume e decidimos o formato da prótese de silicone da paciente antes do procedimento,então você já sabe qual volume será utilizado.

Como calculamos isto:

  1. Uso de medidas especificas em consulta médica do tórax e da mama.

  2. Desejo da paciente

  3. Tipo e formato das mamas

Chamamos isso de planejamento bidimensional, associado a isso realizamos o planejamento vertical baseado na prótese escolhida para o procedimento.

 

Em 2005, Tebbetts aperfeiçoou o sistema High-Five, e criou cálculos e tabelas para escolha de tamanho e formato dos implantes, onde, através de 05 (cinco) medidas básicas, e em menos de 05 (cinco) minutos, o cirurgião seria capaz de escolher o melhor implante para a paciente de modo que preencha os tecidos com menor risco de problemas futuros como estrias, queda e/ou o rippling.

Utilizamos esta tabela como um dos parâmetros para nossa escolha.


Desejamos um resultado estável de longo prazo, e que você seja capaz de usar um decote mesmo sem necessidade do sutiã. Mas sabemos também que para isso a prótese deve ficar abaixo do músculo, para ter suporte e não depender da pele apenas.

 

Por esse motivo não indicamos próteses muito grandes, pois assim conseguimos obter todo o suporte do músculo, principalmente nas laterais.

O resultado a longo prazo quem dá é o cirurgião, não a prótese.

A melhor oportunidade de um bom resultado é a primeira cirurgia. Portanto, procure um cirurgião experiente em próteses abaixo do músculo.

Então, no dia do procedimento, é bem menos traumático pois os tecidos são medidos e será colocado a prótese sob medida para a loja realizada.

A cirurgia é mais rápida, menos traumatismo e isso também contribui para uma rápida recuperação.